001

Sessão é de forte volatilidade diante do noticiário político doméstico e das ações internacionais

O Ibovespa opera em queda nesta quinta-feira (3) pressionado pelas bolsas dos Estados Unidos, que registram perdas fortes em um dia de sell-off para os papéis de empresas de alta tecnologia.

Pressionada Por Bolsas IBOVESPA opera em queda e Fecha com Dólar em Queda

Depois das duas altas fortes que marcaram este início de setembro, os índices Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq caem respectivamente 2,2%, 2,93% e 4,52%. As ações da Apple despencam 6%, enquanto Facebook, Amazon e Alphabet (controladora do Google), recuam perto de 5%.

Outros bancos impedem esta baixa

Por outro lado, por aqui, as ações de bancos impedem uma baixa mais forte do Ibovespa. Itaú Unibanco (ITUB4, +3,91%), Bradesco (BBDC3, +4,39%; BBDC4, +4,64%) e Banco do Brasil (BBAS3, +3,28%) disparam nesta sessão.

Entre as baixas, destaque para a forte queda de Vale (VALE3, -3,07%) após o Ministério Público Federal (MPF) ajuizar ação civil pública, com pedido de liminar, para que seja determinada a intervenção judicial na empresa. O órgão pede afastamento dos executivos encarregados das políticas de segurança da empresa e a nomeação de um interventor judicial para identificar estes profissionais em até 15 dias.

Juntas, as três instituições financeiras respondem por 14,96% da composição da carteira teórica do índice, enquanto a mineradora possui sozinha uma fatia de 10,91% do benchmark. Para mais destaques de ações, clique aqui.

No início do pregão, o detalhamento da reforma Administrativa chegou a melhorar o humor do mercado brasileiro, fazendo com que o Ibovespa subisse mais de 1%, sendo revertido posteriormente com o cenário externo. A reforma pretende acabar com a estabilidade para parte dos novos servidores do Executivo Federal e vedar férias de mais de 30 dias.

Às 12h33 (horário de Brasília) o Ibovespa tinha queda de 0,99%, aos 100.955 pontos.

Enquanto isso, o dólar comercial cai 0,82% a R$ 5,3137 na compra e a R$ 5,3145 na venda. O dólar futuro para outubro recua 0,58%, a R$ 5,315.

Mercado de Juros Futuros já é realidade?

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2022 tem queda de três pontos-base a 2,81%, o DI para janeiro de 2023 opera estável a 4,01%, o DI para janeiro de 2025 registra perdas de três pontos-base a 5,79% e o DI para janeiro de 2027 varia negativamente cinco pontos-base a 6,74%.

Pela manhã, foi divulgado o dado de pedidos por seguro-desemprego nos EUA, que foram de 881 mil na semana passada. Este número foi menor que a mediana das expectativas dos economistas compilada no consenso Bloomberg, que apontava para 950 mil requisições do benefício no período. Vale destacar que o método de cálculo foi ajustado.

Hoje, além da reforma administrativa também chamou atenção a notícia de que o governo Bolsonaro acabou com uma trava colocada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, para conter a expansão de gastos com funcionalismo. Ontem, a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional mudou um parecer que restringia recrutamentos até o final do ano que vem, e permitiu a realização de novos concursos.

Gera otimismo, por outro lado, a notícia de progresso em relação a uma vacina para o coronavírus, com o comprometimento de 76 países ao programa Covax, da Organização Mundial de Saúde (OMS), que vai distribuir as vacinas de forma justa quando estiverem disponíveis.

Entre os indicadores, a produção industrial cresceu 8% em julho na comparação com junho, mostrou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A expectativa mediana dos economistas compilada no consenso Bloomberg era de alta de 5,9% no indicador no mês.

002

Já na Europa, os índices das bolsas operam em alta em meio a um maior otimismo sobre a economia local. Na região do Euro, o Índice de Gerente de Compras (PMI) do Markit mostrou que a atividade econômica cresceu mais que o esperado em agosto, com resultado de 51,9 pontos, ante uma expectativa de 51,6 pontos. Leituras acima de 50 mostram expansão mensal.

No noticiário corporativo, é divulgada hoje a terceira prévia do Ibovespa, e terão início as negociações das novas ações da Ômega. Além disso, será fixado o preço por unit em oferta do Banco Inter.

Reforma administrativa foi anunciada e os índices se movimentam bastante

A reforma administrativa apresentada pelo Planalto acaba com benefícios como licença-prêmio, aumentos retroativos, férias superiores a 30 dias por ano e adicional por tempo de serviço.

De acordo com o que foi divulgado pela Economia, serão eliminadas ainda a aposentadoria compulsória como punição, o pagamento de parcelas indenizatórias sem previsão legal, adicional ou indenização por substituição não efetiva, redução de jornada sem redução de remuneração, salvo em casos de saúde, a progressão ou promoção baseada exclusivamente em tempo de serviço e a incorporação ao salário de valores referentes ao exercício de cargos e funções.

Trava de Guedes é capaz de mudar os índices

Em meio a um esforço para cortar despesas, o governo Bolsonaro acabou com uma trava colocada por Guedes para conter a expansão de gastos com funcionalismo. Ontem, a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional mudou um parecer que restringia recrutamentos até o final do ano que vem.

Agora, os novos concursos serão permitidos para preencher cargos abertos, segundo a Folha. A Polícia Federal anunciou concurso para contratar 2 mil agentes, e o presidente disse que deve autorizar a Polícia Rodoviária Federal a seguir o mesmo caminho.

Outro destaque no noticiário nacional foi a apresentação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para permitir a reeleição do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). De acordo com O Estado de S.Paulo, a PEC foi apresentada pela senadora Rose de Freitas (Podemos-ES). A proposta também permite a reeleição do presidente da Câmara.

Também chama atenção a notícia de que o presidente enviou uma mensagem ao ex-ministro da Justiça Sergio Moro, em 12 de abril deste ano, afirmando que ele tivesse a “dignidade para se demitir” caso desejasse contrariar suas posições. De acordo com O Globo, a Polícia Federal obteve a conversa no celular de Moro, entregue para ajudar no inquérito que apura interferências do presidente na PF.

Além disso, oito integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato em São Paulo pediram desligamento nos trabalhos da operação ao procurador-geral da República, Augusto Aras. O pedido ocorreu um dia depois da saída de Deltan Dallagnol da coordenação da força-tarefa de Curitiba.

Radar corporativo

No noticiário corporativo, é divulgada hoje a terceira prévia do Ibovespa, e terão início as negociações das novas ações da Ômega. Além disso, será fixado o preço por unit em oferta do Banco Inter.

A Braskem informou um recorde de vendas de resinas no Brasil, que chegaram a 350 mil toneladas em agosto, enquanto a Invepar divulgou o desempenho dos seus negócios em agosto, com retração superior a 60% no movimento dos aeroportos.

Ontem, a T4F anunciou a venda de sua participação de 85% na Vicar, empresa que realiza o evento de automobilismo Stock Car. O valor não foi revelado. Também chama atenção a notícia de que o Banco Central deve aprovar o WhatsApp Pay no Brasil, serviço que permitirá a realização de pagamentos por meio da rede social de mensagens, que pertence ao Facebook.

 

 

003